Movimento Slow Beer - Revista Viver Brasil

Revista Viver Brasil de 18 de abril de 2009, coluna de Márcia Queiroz, Foto de Pedro Vilela

Prazer à mesa

Surgido na Itália nos anos de 1980, o Slow Food, movimento que defende o consumo de alimentos artesanais, cuja produção respeite o meio ambiente, ganha adeptos em Minas. Na contramão dos fast-foods, os seguidores da filosofia defendem as tradições regionais e o prazer de saborear alimentos com tranquilidade. Em Minas o braço direito do movimento internacional é o Instituto de Convivialidade e Cultura Alimentar, em Tiradentes. A entidade promove eventos ligados à gastronomia e estimula o cultivo de hortas em escolas. Desde o ano passado, começou a tomar forma também o Slow Beer, movimento surgido na Alemanha para defender e prestigiar as cervejarias de pequeno porte. “A ideia é cobrar ações de proteção comercial junto ao governo, como redução da tributação, para que as pequenas cervejarias continuem tendo seu mercado”, diz o vice-presidente do instituto e dono da microcervejaria mineira Falke, Marco Falcone (foto).


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Falke Bier é escolhida "Cervejaria do Ano na América Latina" pelo blog canadense "World of Beer"

Lançamento da Larouse da Cerveja, no Bar Anhanguera em São Paulo

Projeto Estancia José Ignacio de Garzon