Grupo de estudo de leveduras em Belo Horizonte

Com a presença ilustre do Prof. Rogélio Brandão, da Universidade Federal de Ouro Preto e da CERLEV, especialista em leveduras, reunimos um grupo de estudo, que visa o desenvolvimento de um "parque tecnológico" em aprimoramento de leveduras cervejeiras, que confira não só nossa independência em diversidade e variedade em leveduras multiplicadas em território brasileiro, como também a contribuição com o contexto cervejeiro mundial. Abaixo, algumas fotos da reunião, que muito promete.














Comentários

  1. Grande Marco, bem legal esta iniciativa. Parabéns. Quando tiver outra, avise-me que quero ir também, hehehe.
    Abração,
    Botto

    ResponderExcluir
  2. Olá Botto, na medida que formos avançando tenho certeza que sua participação será muito válida. É sempre bem vindo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Falke Bier é escolhida "Cervejaria do Ano na América Latina" pelo blog canadense "World of Beer"

Viagem ao Peru

Lançamento da Larouse da Cerveja, no Bar Anhanguera em São Paulo